-

Eu amo livros nacionais - Lari Azevedo

Oiii galera, como estão? Eu sei que fiquei sumida essas semanas, mas é porque comecei a estudar em período integral, fica muito pouco tempo para fazer e editar os posts, vou tentar deixar tudo programado no final de semana, não posso de jeito nenhum parar com esse meu cantinho, alias nosso pois estamos juntos aqui. Voltando ao post, como já informei no blog que criamos um novo projeto chamada Eu amo livros nacionais, vou começar com uma pessoa mega especial que é a Lari Azevedo, ela é uma escritora incrível que tive o prazer de conhecer. Vamos lá?


1. Quando começou a escrever seu primeiro livro você imaginou que ele seria publicado e que estaria sendo  lido por muitos leitores? 
Quando o Guilherme me chamou para participar do projeto da "Série Minha Vida" fiquei tão empolgada e esperançosa que ele fosse publicado, que não tinha noção que aconteceria e nem que a aceitação do público fosse tão rápida.

2. Você acha que por ser autor/autora nacional as dificuldades são maiores? Tanto no mercado quanto com os leitores. 
Acho que ser autor já é ter uma dificuldade acima da média, tanto aqui no Brasil quanto fora. Mas, como o brasileiro não tinha tanto costume de ler (as coisas estão mudando e vejo cada vez mais novos leitores nascendo), as editoras não apostam tanto em novos talentos, por medo de achar que não vai vender e que não será valorizado. Então vejo isso como um empecilho. Vejo a Literatura Nacional mudando cada vez mais, ganhando seu espaço nas prateleiras, a Amazon veio pra mudar muita coisa e notei uma aceitação incrível do mundo nacional nos leitores e em outros países e, tenho visto autores nacionais sendo publicados fora, e isso já me deixa extremamente feliz. Logo mais nossos livros não estarão separados nas livrarias por "Literatura Nacional" , mas sim pelos gêneros.

3. Como você se sentiu quando recebeu uma mensagem positiva de um leitor pela primeira vez?
Chorei. Chorei de felicidade, de emoção e por saber que estava indo pelo caminho certo.

4. Já teve vontade em algum momento de desistir do livro e começar do início? 
Acho que isso não aconteceu com a "Série Minha Vida", mas já aconteceu com outros livros que escrevi e tenho escrito. Acho que nunca estaremos realmente satisfeitos com nossas criações.

5.  Você sempre quis escrever o gênero interativo? Pretende se arriscar em outros?
Como sou formada em Design, livros interativos falam muito desse meu lado criativo e dinâmico. Sempre gostei de incentivar a leitura e escrita, meu TCC teve esse tema. Gosto de contar histórias desde pequena, voltei a escrever no papel em 2011, mas só agora comecei a mostrar ao mundo esse meu lado, espero que consiga publicá-los em breve. Tenho muita coisa gostosa para contar e vários personagens querendo alcançar o coração de vocês.

6. Você sempre quis fazer algo que conecta-se o leitor com o livro? Eu tenho Minha vida dava um livro e acho incrível como depois que você começa a escrever não quer parar mais.
Quando bolamos o projeto, queríamos um livro que realmente fizesse parte da vida dos leitores. Livros que representasse cada sentimento voraz e cada emoção ao ler um livro e assistir uma série, afinal é o livro da sua vida. Queríamos que ele representasse isso. Saber que ele está cumprindo a sua função me deixa maravilhada e com sentimento de missão concluída. 

6. Tem alguma mensagem para futuros escritores?
Não desistir. Acho que essa é a principal mensagem. Não desistir quando escutar um não. Lembre-se que a própria JK foi recusada por mais de 10 vezes, e se não fosse pela persistência dela, não teríamos um dos livros mais lidos em todo o mundo. E as vezes escutaremos pessoas falando mal do seu trabalho ou te desmerecendo, mas não deixe que isso te afete, erga a cabeça e mantenha-se forte. Coisas boas acontecem com pessoas boas. Escreva com amor e paixão. E que assim, tudo dá certo no final. Contem comigo! <3

7. Até agora você já lançou 2 livro interativos, mas você tem alguma vontade de escrever uma historia? 
Tenho sim, escrever sempre fez parte de mim e eu não tinha dado muita bola. Gosto muito de escrever romance e fantasia. Espero que um dia eu possa entrar em alguma livraria e encontrar alguns deles por lá.

8. Tem alguma mensagem para futuros escritores?
Não desistir. Acho que essa é a principal mensagem. Não desistir quando escutar um não. Lembre-se que a própria JK foi recusada por mais de 10 vezes, e se não fosse pela persistência dela, não teríamos um dos livros mais lidos em todo o mundo. E as vezes escutaremos pessoas falando mal do seu trabalho ou te desmerecendo, mas não deixe que isso te afete, erga a cabeça e mantenha-se forte. Coisas boas acontecem com pessoas boas. Escreva com amor e paixão. E que assim, tudo dá certo no final. Contem comigo! <3



E para quem é louco por series a Lari e o Gui acabaram de lançar Minha vida dava uma serie...Eu já quero :) Se gostaram do post fiquem sabendo que toda semana terá entrevista com diferentes escritores, vamos conhecer nacionais <3 
Um beijo e até a próxima -> 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Layout: Natana Duarte | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©