-

Resenha #47 - Princesa das águas


Titulo: Princesa das águas 
Autor(a): Paula Pimenta
ISBN-13: 9788576950080
ISBN-10: 8576950081
Ano: 2016 / Páginas: 368
Editora: Galera Record
Sinopse:"Ele estava tão perto que pude perceber a tonalidade verdadeira dos seus olhos. Antes eu pensava ser da cor de uma piscina. Mas agora eu via que não era bem isso. Eles eram como o mar quando fica mais fundo... Aquele tom exato em que o verde se torna azul."
Arielle Botrel é uma nadadora famosa, prestes a viver o maior desafio de sua existência: participar das Olimpíadas pela primeira vez. Porém, ao contrário do que todos pensam, ela não possui tudo que deseja. Por ser a filha caçula de uma grande família, a garota é muito protegida e, apesar das medalhas e dos troféus, sonha com um cotidiano diferente, onde possa ser livre. Até que um dia um acidente faz tudo mudar. Arielle é apresentada a um mundo novo... E nele existe alguém que vira sua vida de cabeça para baixo. Porém, para conquistá-lo, ela terá que abrir mão de sua voz. Será que Arielle - sem uma única palavra - vai conseguir conquistar esse príncipe? E se no coração dele já existir outra princesa?



Arielle Botrel ou melhor princesa das águas é a nadadora mais querida do Brasil e com as Olimpíadas todos estão com os olhos voltados na atleta que com apenas 16 anos já possui um futuro brilhante dentro d'água, porém apesar de adorar sua carreira a pequena nadadora sente que falta algo em sua vida, que pode se resumir em uma palavra: TREINO, com escapadas e fugas de vez em quando ela pode ser apenas uma garota normal, mas isso tem um preço que incluí um sermão gigante de Sebastião (treinador) e seu pai, dias infinitos de castigo e confusões que a ruiva acaba se metendo junto com seu melhor amigo Lino.


A nossa princesa só não esperava que em uma escapulida encontraria o seu lindo Príncipe Erico Eggenberg, que "acidentalmente" escorregou na beirada da piscina e foi salvo por uma sereia com uma voz encantadora. Agora de volta ao Brasil, Arielle precisa lidar com toda pressão das olimpíadas, cinco irmãs mais velhas, um sentimento totalmente novo e para finalizar uma gincana que irá acontecer entre os atletas que claro será acompanhada pela incrível blogueira Belinha (que pode sem querer ter começado essa história inteira de gincana).
''Ele demorou um pouco, mas acabou abrindo aqueles olhos, que eram ainda mais luminosos e azuis do que a piscina a nossa frente.''
Se não bastasse tudo estar acontecendo ao mesmo tempo Arielle vai descobrir que nem sempre as pessoas são boas e verdadeiras, e que para conquistar seu Príncipe primeiro precisará conquistar a si mesma.
''Era uma vez uma princesa. Ela vivia em um reino onde tinha tudo que queria. Quer dizer, o que achavam que ela queria. Porque na verdade o que essa princesa almejava não estava ali. Ela sonhava com outras paisagens, outras cores, outros reinos. Queria voar, viajar, se apaixonar...''

Uma história para todos que amam contos de fadas e princesas rebeldes com cabelos ruivos. Paula Pimenta soube aproveitar todos os conteúdos, tivemos além do romance muitas cenas de amizade e família, a escritora conseguiu manter a alma da história original na personalidade de cada personagem, o que tornou a leitura bem mais prazerosa e preciosa como diria nossa pequena sereia.
Com tudo apesar de ter amado a personalidade de cada personagem confesso que durante a leitura ficava em dúvida se matava a Sula por ser uma cobra ou Arielle por ser tão inocente, bom nunca briguei com ninguém mais com essa Vilã eu sairia no tapa.

HORA DA TEORIA:

Assim que terminei o livro tive uma revelação, eu me perguntei como nunca tinha percebido isso, mas tudo bem. Todos sabem que esse é o terceiro livro da Paula sobre contos de fadas (se não sabe tem resenha aqui dos primeiros livros), até agora tivemos Cinderela, Bela adormecida e Pequena sereia, porém quanto eu li a última página de Princesa das águas fiquei com ideias envolvendo uma personagem na cabeça e como uma boa detetive fui buscar provas.
Prova nº 1: A personagem adora livros
Prova nº 2: A personagem é hiper mega curiosa
Prova nº 3: Em princesa das águas Arielle descreve a personagem com cabelos castanhos e o mais importante a personagem está usando um vestido amarelo.
Prova nº 4: A personagem declara que enquanto seu Príncipe não chega ela ficaria com seus amores literários, o que me leva a crer que isso não pode ser apenas coincidência.
Prova nº 5: A personagem se chama Belinha.
Conclusão: Encontramos mais uma princesa, ou melhor encontramos a Bela.
Camila porque não percebemos isso antes? Simples, nossa querida Belinha só teve uma participação maior em Princesa das águas.

Entretanto deixo claro que isso pode estar errado, mas se estiver certa Paula Pimenta já estava pensando nesta princesa desde o começo e se as informações que eu busquei nos livros estiver certa a escritora está mandando dicas.
Agora a pergunta que estou louca para fazer: Quem será a nossa Fera?









Resenha #46 - As provações de Apolo

Titulo: As provações de Apolo
Autor(a): Rick Riordan
ISBN-13: 9788580579284
ISBN-10: 8580579287
Ano: 2016 / Páginas: 320
Editora: Intrínseca
Adicione ao SKOOB
Sinopse:Como você pune um deus imortal? Transformando-o em humano, claro! Depois de despertar a fúria de Zeus por causa da guerra com Gaia, Apolo é expulso do Olimpo e vai parar na Terra, mais precisamente em uma caçamba de lixo em um beco sujo de Nova York. Fraco e desorientado, ele agora é Lester Papadopoulos, um adolescente mortal com cabelo encaracolado, espinhas e sem abdome tanquinho. Sem seus poderes, a divindade de quatro mil anos terá que descobrir como sobreviver no mundo moderno e o que fazer para cair novamente nas graças de Zeus.
O problema é que isso não vai ser tão fácil. Apolo tem inimigos para todos os gostos: deuses, monstros e até mortais. Com a ajuda de Meg McCaffrey, uma semideusa sem-teto e maltrapilha, e Percy Jackson, ele chega ao Acampamento Meio-Sangue em busca de ajuda, mas acaba se deparando com ainda mais problemas. Vários semideuses estão desaparecidos e o Oráculo de Delfos, a fonte de profecias, está na mais completa escuridão.
Agora, o ex-deus terá que solucionar esses mistérios, recuperar o oráculo e, mais importante, voltar a ser o imortal belo e gracioso que todos amam.


“Meu nome é Apolo. Eu era um deus.”

Nesta nova serie proposta pelo escritor Rick Riordan revemos nossos queridos e amados gregos, o livro se passa 6 meses apos a ultima aventura registrada de Percy Jackson e seus amigos, logo no inicio temos o Deus Apolo caindo dentro de uma lixeira sem lembrar se nada que aconteceu desde a luta contra Gaia, porem ele se sente diferente seu corpo maravilhoso foi substituído pelo de um adolescente chamado LESTER PAPADOPOULOS (maldade de Zeus) e ele não parece mais tão divino com espinhas na cara, agora mortal e sem saber o que fazer o Ex-Deus se torna servo da semideusa/moradora de rua Meg McCaffrey e só retornará ao Olimpo se provar ser digno, o problema e que ele tem quase certeza de isso será perigoso.
"- Por favor, pai, aprendi a lição. Por favor, não posso fazer isso!
 Zeus não respondeu. Devia estar ocupado demais gravando minha humilhação para postar no Snapchat."
Sem opções ele e sua nova companheira partem para o acampamento meio-sangue com ajuda de Percy Jackson onde esperam encontrar respostas e soluções, afinal quem não adoraria ajudar alguém tão interessante quanto Apolo? Infelizmente já aprendemos que nem tudo dá certo na vida de um semideus e para o Deus Sol não seria diferente.
“Respirei fundo. Em seguida, fiz meu discurso motivacional de sempre para o espelho.
-Você é lindo e as pessoas te amam.”
Ao chegar no acampamento Apolo se vê no meio de uma confusão de oráculos, profecias e campistas desaparecido, um problema que talvez ele mesmo tenha provocado (não que ele fosse dizer isso em voz alta) e que está encarregado de resolver, uma decisão horrorosa em sua opinião afinal um Deus normalmente não faz o trabalho sujo.
Sua tarefa não será fácil, para conclui-lá precisará rever inimigos do passado e encontrar o poderoso Bosque de Dadona, tudo isso sem suas habilidades, força e beleza divina, além de claro estar amarrado a uma pirralha que parece ter prazer em irrita-lo, realmente não poderia ser pior (ops essa frase nunca deveria ser dita em um livro de Rick Riordan).
“As coisas nem sempre precisam terminar da mesma maneira, Apolo. Essa é a parte boa de ser humano. Nós temos uma vida, mas podemos escolher que tipo de historia queremos ter.”
As provações de Apolo foi uma leitura rápida e divertida, o personagem provou realmente ser um deus com seu egoísta e (muito) drama, o que tornou as situações muito mais divertidas, Apolo com sua nova barriga saliente conquistou meu coração e entrou para o time, adorei os novos personagens e  amei ainda mais as participações de personagens antigos e já conhecidos, apesar de querer mais.
Como sempre só tenho a elogiar o autor, a escrita está maravilhosa e a edição do livro está muito bonita, temos até um mapa atualizado do acampamento (eu amo livro com mapas), o que eu não poderia deixar de citar aqui é a linda referência que o escritor fez ao Brasil e aos brasileiros, foi muito amor e carinho, esse ai sabe como nos fazer chorar. A grande pergunta é: Quando sai o próximo livro?
"-Apolo, você tem que fazer isso. Você é o senhor da arquearia e das doenças.
-Não sou senhor de nada! Sou um adolescente mortal burro e feio! Não sou ninguém!
A autopiedade bateu com tudo. Achei que o chão se abriria ao meio quando chamei a mim mesmo de ninguém. O cosmo pararia de girar. Percy e Quíron me tranquilizaria imediatamente. Nada disso aconteceu (...)
-Você é Apolo. Nós precisamos de você. Você consegue fazer isso. além do mais, se não conseguir, vou jogar você pessoalmente do alto do Empire State Building.
Essa era exatamente a conversa de que eu precisava, o tipo de coisa que Zeus me dizia antes dos meus jogos de futebol"


[LANÇAMENTO] O cozinheiro do amor

Hey guys!
Bienal chegando e com o evento nos temos muitos livros que acabam de sair do forno, nossa parceira a escritora Li Mendi não podia deixar essa data passar, então teremos um novo livro publicado (ebaaaa) Já temos muitos post falando da escritora aqui no blog, se você ainda não conhece a escritora dá uma procuradinha aqui do lado e você vai achar resenha, entrevistas e mais.
Voltando ao livro...

Sinopse: Eduardo dança de noite em um clube das mulheres e, durante o dia, é Chef no seu ex-restaurante, que recentemente precisou vender. Para terminar de pagar suas dúvidas, decide continuar cozinhando, que é o que ama fazer. Ele só não contava que sua nova chefe fosse tão atraente e com uma personalidade forte, pronta para mudar tudo, inclusive os rumos da sua vida. Assim é Maísa, uma jovem que perdeu a audição em um acidente e tem uma grande capacidade de ler os gestos das pessoas para decifrá-las. Não vai ser nada fácil para Eduardo ver Maísa tomar decisões em seu lugar; nem para Maísa, que se sente desafiada por seu surpreendente e sexy cozinheiro. Haverá muito tempero e pimenta nessa história de amor deliciosa que vai te deixar querendo mais!

QUER LER O PRIMEIRO CAPITULO? AQUI


Além do O Cozinheiro do amor alguns livros da escritora como A verdadeira bela ganharam capas novas e a escritora estará autografando e tirando foto com todos os leitores na bienal. (Eu vou estar lá)

Se for na bienal no dia 27/08 passe na estante TRIBO DAS LETRAS (stand k069) 
CONFIRME SUA PRESENÇA NO FACEBOOK (AQUI)
SITE DA ESCRITORA (AQUI)


Beijinhos e até a próxima ->



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Natana Duarte | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©