-

[Tag] A Bela e a Fera

Oii leitores, tudo bem?

Dia 16/03 será finalmente a estreia da Live-action de A Bela e a Fera, eu particularmente estou muito animada com esse filme porque a Bela sempre foi minha princesa favorita. Essa heroína além ser uma leitora corajosa e muitooo sortuda, (vamos concordar galera, a Bela durante a história entra em uma aventura, ganha uma biblioteca de presente e ainda por cima consegue conquistar uma fera que no final se transforma em um lindo príncipe...Não tem o que reclamar.) vai ser interpretada pela linda da Emma Watson. Sucesso sim ou claro? 
Estou contando os dias para ir no cinema e morrer de fofura com esse casal encantador e foi por essa razão que quando vi esse tag pensei que não poderia deixar de trazer para o blog.

Esta tag foi criada por Stée do Ânimo livro, se vocês possuem esse aplicativo no celular não deixem de conferir a original. Let's go!
 "Sentimentos são fáceis de mudar"
Um livro que te fez passar por várias emoções.
Beleza Perdida é um livro inspirado na Bela e a Fera e possui uma historia que te faz pensar no que realmente importa na sua vida e como você enfrenta os muros que são colocados no caminho.
"Para assustar e até perturba, mesmo a Bela e Fera"
Um livro com um tema pesado
O quarto foi um livro que conheci a partir do filme, ele possui uma temática forte e também mostra o lado da superação de forma que você torce para os personagem com todas as forças.

 "A livraria! Acabei de ler uma belíssima história"
Um livro 5 estrelas
Li esse livro no mês de fevereiro após uma leitura com um final triste (esta na tag), uma historia que aqueceu meu coração e me deixou querendo uma continuação...Merece nota máxima.

"Modelo perfeição"
Seu livro favorito
Orgulho e preconceito é um dos meus livros favoritos, como uma amante de romances de época não podia deixar esse livro de fora.

"Não gostamos daquilo que nunca entendemos"
Um livro que te deixou confuso
Eu li esse livro se não me engano em 2014 e até agora fico me perguntando o que aconteceu, não tenho planos em terminar a serie ;/

"Eu sabia! Eu sabia que não devia ter esperança"
Um livro com um final triste
Sim! Esse foi o livro com um final incrível, mas com acontecimentos que cortaram meu coração e me deixaram triste ao mesmo tempo. Entretanto eu super recomendo a leitura por ser um livro que marca e te faz refletir sobre você e as pessoas ao seu redor.

"Nós queremos ação"
Um livro muito parado

Se eu ficar é um livro que eu gosto bastante porém também é um livro que você precisa ter calma porque a historia é bem lenta (Para onde ela foi me conquistou bem mais)

"Nunca houve um outro para mais encantador"
Seu casal literário preferido

Esse também foi um dos últimos lidos e ainda estou tendo overdose de fofura, a Carina Rissi mais uma vez criou personagens incríveis e que me conquistaram. A Elisa e o Lucas merecem o titulo de mais encantador. 


Essas foram as minhas escolhas, na maioria eu escolhi romances para homenagear a Bela e Fera, inclusive o livro A beleza perdida é uma adaptação inspirada deles -recomendo muitooo-.
Espero que tenham gostado da brincadeira, fiquem a vontade para fazer a tag -só não esqueçam de colocar os créditos-
Se vocês já leram algum desses livros comentem aqui em baixo!



[Parceria] Lucinei M. Campos

Hey meu leitores, tudo bem com vocês? 
Para quem já estava sentindo saudade dos posts aqui no blog, pode ficar tranquilo que já estou retornando com uma agenda recheada de resenhas e novidades, uma das novas aqui no Próxima Página é que estamos iniciando uma parceria com mais um escritor nacional (Ebaaa), tive o prazer de conhece-lo na bienal de 2015 no Rio de Janeiro e agora ele está se juntando a família do blog, legal né? Vamos conhecer um pouquinho mais dele. Let's go!


Nascido em 16 de outubro de 1983, Lucinei M. Campos é um jovem professor e escritor de alma e profissão. Carioca, foi criado nas ruas da Maré, um dos maiores complexos de favelas do Rio. Formou-se em História e se especializou em História da África e da Diáspora Africana no Brasil. Divide sua carreira de escritor lecionando na rede pública estadual de ensino local para jovens, adolescentes e pré-adolescentes. Atua no mercado literário como autor independente, sendo conhecido como o Mago Branco, devido à fantasia de um dos personagens de seus livros, que utiliza em suas apresentações. Além da série Lavínia, acaba de lançar o romance juvenil Violeta não Sabe Amar, sua primeira obra no formato digital. Lavínia e a Árvore dos Tempos, lançado em 2014, veio para concretizar um sonho de menino em ver uma criação sua sair do seu imaginário e se integrar ao de outras pessoas: adultos, jovens e crianças que, assim como ele, tem o espírito inquieto a procurar e a contar sempre novas e boas histórias. Lavínia e Magia Proibida, lançado na Bienal do Livro do Rio, em 2015, dá continuidade a esse sonho. Ambos os livros são infantojuvenis que abordam ao mesmo tempo fantasia e realidade, com temas recorrentes e atuais, mas com leveza e humor. Talvez por isso, tem sido muito bem aceito entre esse público e os demais, estando sempre presentes em eventos do ramo, inclusive em outros estados. Em 2016, os livros percorreram importantes eventos literários, como o Flipoços, o Salão do Livro Vale do Aço, as bienais do livro de Minas e de Juiz de Fora; além da de São Paulo e de Brasília. Devido a sua ligação com o universo escolar, os livros têm sido adotados como paradidáticos em turmas dos ensinos fundamental e médio de escolas públicas e particulares do Rio, se encaminhando para serem distribuídos em outros estados.  

Camila e os livros? 

Lavínia e a Árvore dos Tempos 
Se você se visse cercado por seres nunca vistos antes, como uma fada homem rabugenta, que carrega uma peixeira e detesta humanos? Aconteceu com Lavínia, uma menina de nove, quase dez anos, um pouco diferente das meninas de sua idade que teve sua vida transformada, ao receber uma fada distinta a qualquer criatura mágica conhecida. Laus detestava seres humanos, e por esta razão, teria de cumprir pena ao seu lado por todos os males feitos contra os mesmos. O que seria um presente para a menina era um castigo para ele, que para entrar no nosso mundo teve que tocar seu dedo num livro que o transformaria em um típico morador da região escolhida. Mas, por engano, tocou num lugar bem oposto à terra da menina. Assim, seu nome, sua varinha, suas roupas, se modificaram completamente. Laus passou a ser Lorivaldo, e sua varinha, uma peixeira. Juntos, vão desvendar os segredos da imponente Árvore dos Tempos, que dá pergaminhos no lugar de frutos, e onde surgem nomes de pessoas importantes para a história da humanidade. O que pode revelar traços de coisas misteriosas e em comuns que há entre os dois e o mundo dos quais pertencem.

Lavínia e a Magia Proibida 
Lavínia está crescendo e com ela as dúvidas e curiosidades. Agora, com 10, quase 11 anos de idade, mais uma vez a menina se verá junto aos seus amigos inseparáveis, Léo e Lorivaldo, em meio a novas aventuras. É que criaturas mágicas de caráter duvidoso estão chegando ao Brasil no momento em que acontece um dos maiores eventos esportivos: a Copa do Mundo de Futebol. Além de seus problemas pessoais com os Valentões e as Marrentinhas na escola e com a loucura de ter uma fada homem e bem rabugenta ao seu lado, a estranha chegada de um bruxo misterioso à cidade trará perigos, principalmente para ela, que corre o risco de ser capturada desde que souberam de seu nome na Árvore dos Tempos. Juntos, os amigos vão descobrir que há muito mais magia em nosso mundo do que possamos imaginar e que nem sempre ela é permitida pelos seres que a rege. Lavínia terá de ser forte para escolher um lado, diante do que encontrará. 


Violeta Não sabe amar
É possível alguém não saber amar? Violeta acredita que sim. A menina de 15 anos de idade, viciada em biscoito recheado de baunilha e fã da banda Coldplay odeia o amor com todas as suas forças, enquanto a romântica Duda se apaixona quase todos os dias. Junto a Nico - o menino calado, que gosta de anime e que completa o trio inseparável de amigos - Violeta bola diversas armações para afastar Duda de suas paixonites e se vê em algumas roubadas, como poder perder a amizade de sua melhor amiga e sustentar suas convicções sobre os seus sentimentos. Será que Violeta não sabe mesmo amar?






Gostei! Mas onde posso adquirir os livros?

Lavínia e Árvore dos Tempos e Lavínia e a Magia Proibida:
• Diretamente com o autor, nas redes sociais
• Na livraria virtual Sanfer Livros
• Em livrarias do estado do Rio
Leitura, no Rio de Janeiro (ParkShopping, Shopping Nova América,
Shopping Américas, Shopping Bangu, Shopping Metropolitano)
Gutenberg, em São Gançalo (Partage Shopping)
Itatiaia, em Duque de Caxias (Shopping Grande Rio)
Café com Letras, em Nilópolis (Centro)

Violeta não Sabe Amar:
• Disponível na Amazon

Agora que você já conhece o escritor, siga ele nas redes sociais e fique sobre o que ele anda aprontando

E-mail: livro.lavinia@gmail.com.br


Prontinho espero que tenham gostado da novidade, logo vem mais por ai! 
Um beijão e até outra hora.


[Resenha] Princesa das águas


Titulo: Princesa das águas 
Autor(a): Paula Pimenta
ISBN-13: 9788576950080
ISBN-10: 8576950081
Ano: 2016 / Páginas: 368
Editora: Galera Record
Sinopse:"Ele estava tão perto que pude perceber a tonalidade verdadeira dos seus olhos. Antes eu pensava ser da cor de uma piscina. Mas agora eu via que não era bem isso. Eles eram como o mar quando fica mais fundo... Aquele tom exato em que o verde se torna azul."
Arielle Botrel é uma nadadora famosa, prestes a viver o maior desafio de sua existência: participar das Olimpíadas pela primeira vez. Porém, ao contrário do que todos pensam, ela não possui tudo que deseja. Por ser a filha caçula de uma grande família, a garota é muito protegida e, apesar das medalhas e dos troféus, sonha com um cotidiano diferente, onde possa ser livre. Até que um dia um acidente faz tudo mudar. Arielle é apresentada a um mundo novo... E nele existe alguém que vira sua vida de cabeça para baixo. Porém, para conquistá-lo, ela terá que abrir mão de sua voz. Será que Arielle - sem uma única palavra - vai conseguir conquistar esse príncipe? E se no coração dele já existir outra princesa?



Arielle Botrel ou melhor princesa das águas é a nadadora mais querida do Brasil e com as Olimpíadas todos estão com os olhos voltados na atleta que com apenas 16 anos já possui um futuro brilhante dentro d'água, porém apesar de adorar sua carreira a pequena nadadora sente que falta algo em sua vida, que pode se resumir em uma palavra: TREINO, com escapadas e fugas de vez em quando ela pode ser apenas uma garota normal, mas isso tem um preço que incluí um sermão gigante de Sebastião (treinador) e seu pai, dias infinitos de castigo e confusões que a ruiva acaba se metendo junto com seu melhor amigo Lino.


A nossa princesa só não esperava que em uma escapulida encontraria o seu lindo Príncipe Erico Eggenberg, que "acidentalmente" escorregou na beirada da piscina e foi salvo por uma sereia com uma voz encantadora. Agora de volta ao Brasil, Arielle precisa lidar com toda pressão das olimpíadas, cinco irmãs mais velhas, um sentimento totalmente novo e para finalizar uma gincana que irá acontecer entre os atletas que claro será acompanhada pela incrível blogueira Belinha (que pode sem querer ter começado essa história inteira de gincana).
''Ele demorou um pouco, mas acabou abrindo aqueles olhos, que eram ainda mais luminosos e azuis do que a piscina a nossa frente.''
Se não bastasse tudo estar acontecendo ao mesmo tempo Arielle vai descobrir que nem sempre as pessoas são boas e verdadeiras, e que para conquistar seu Príncipe primeiro precisará conquistar a si mesma.
''Era uma vez uma princesa. Ela vivia em um reino onde tinha tudo que queria. Quer dizer, o que achavam que ela queria. Porque na verdade o que essa princesa almejava não estava ali. Ela sonhava com outras paisagens, outras cores, outros reinos. Queria voar, viajar, se apaixonar...''

Uma história para todos que amam contos de fadas e princesas rebeldes com cabelos ruivos. Paula Pimenta soube aproveitar todos os conteúdos, tivemos além do romance muitas cenas de amizade e família, a escritora conseguiu manter a alma da história original na personalidade de cada personagem, o que tornou a leitura bem mais prazerosa e preciosa como diria nossa pequena sereia.
Com tudo apesar de ter amado a personalidade de cada personagem confesso que durante a leitura ficava em dúvida se matava a Sula por ser uma cobra ou Arielle por ser tão inocente, bom nunca briguei com ninguém mais com essa Vilã eu sairia no tapa.

HORA DA TEORIA:

Assim que terminei o livro tive uma revelação, eu me perguntei como nunca tinha percebido isso, mas tudo bem. Todos sabem que esse é o terceiro livro da Paula sobre contos de fadas (se não sabe tem resenha aqui dos primeiros livros), até agora tivemos Cinderela, Bela adormecida e Pequena sereia, porém quanto eu li a última página de Princesa das águas fiquei com ideias envolvendo uma personagem na cabeça e como uma boa detetive fui buscar provas.
Prova nº 1: A personagem adora livros
Prova nº 2: A personagem é hiper mega curiosa
Prova nº 3: Em princesa das águas Arielle descreve a personagem com cabelos castanhos e o mais importante a personagem está usando um vestido amarelo.
Prova nº 4: A personagem declara que enquanto seu Príncipe não chega ela ficaria com seus amores literários, o que me leva a crer que isso não pode ser apenas coincidência.
Prova nº 5: A personagem se chama Belinha.
Conclusão: Encontramos mais uma princesa, ou melhor encontramos a Bela.
Camila porque não percebemos isso antes? Simples, nossa querida Belinha só teve uma participação maior em Princesa das águas.

Entretanto deixo claro que isso pode estar errado, mas se estiver certa Paula Pimenta já estava pensando nesta princesa desde o começo e se as informações que eu busquei nos livros estiver certa a escritora está mandando dicas.
Agora a pergunta que estou louca para fazer: Quem será a nossa Fera?









Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Layout: Natana Duarte | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©